domingo, 11 de maio de 2008

A ti enfermeiro, gente que cuida de gente

A ti enfermeiro
Gente que cuida de gente
Amado, criticado
Desejado, tolerado
Esquecido no tempo da bonança
Querido no tempo de sofrimento

A ti enfermeiro
Que suportas a dor
No olhar de um doente
Que ris, quando queres chorar
Que amansas o teu coração
Quando te apetece gritar.
Que abafas a mágoa de seres gente

A ti enfermeiro que vagueias
Velando na calada da noite
Aqueles que confiam em ti
Em noite infindas, sofridas
Lutando contra a morte e o tempo.

A ti enfermeiro que mitigas
A alma e o corpo de quem geme
As dores de ser simples mortal

A ti enfermeiro que enalteces
O sentido da vida
A dignidade humana
Esquecendo que também és gente.

A ti, a minha homenagem
12 de Maio dia internacional do enfermeiro

2 comentários:

Jose disse...

Apenas um GRANDE OBRIGADO por ser quem é...!

amelia disse...

viHoje por ser Dia do Enfermeiro, procurei um Poema adquado aos Enfermeiros e descobri o seu ainda sem saber quem é Adorei o poema e vou seguir o seu Blogger
Os meus sinceros Parabéns pela sua Poesia.Descobri que também é Enfermeira! Sinto muito Orgulho em conhecer Alguém que dignifica muito a nossa Enfermagem OBRIGADA.