sábado, 14 de novembro de 2009

Falta-me algo eu sei

Falta-me algo eu sei
nesta minha vida vivida
este algo que me inquieta
impede de me sentir preenchida

Falta-me algo eu sei
que dê gosto ao paladar
da minha boca perdida
do sabor doce e húmido
do gosto da loucura proibida

Tenho o mar, o céu, o sonho
neste lugar no horizonte perdido
mas falta-me algo… eu sei
que continua a ser preferido.

1 comentário:

Nina da Cidade disse...

Falta sempre alguma coisa, por vezes a que mais falta nos faz...

Um beijinho